O Hotel Vila Baleira disponibiliza teste para a Covid-19

Porto Santo foi considerado um dos destinos mais seguros da Europa

Após reiniciar atividade, o Vila Baleira Resort – Porto Santo, que conta já com o selo “Clean & Safe” - atribuído pelo Turismo de Portugal, - inclui ainda na hospedagem, “um seguro que garante despesas de assistência e repatriamento caso um hóspede contraia a COVID-19 durante a sua estadia no Porto Santo, bem como a oferta do teste de diagnóstico COVID-19”

Bruno Martins, diretor-geral dos hotéis Vila Baleira, acredita que este “excelente controlo sanitário”, e a organização dos serviços do resort, é a forma correta de trabalhar e agir nos próximos “meses ou anos” , recebendo os hospedes com “toda a segurança”.

Afirma ainda a necessidade de adaptar o hotel à situação atual, providenciando os testes, e atenuando os medos. Aposta também em campanhas de sensibilização e informação sobre os destinos mais seguros do mundo, que inclui a Madeira e Porto Santo.

Bruno Martins refere que “tudo começa na decisão de viajar: “a realização do teste de diagnóstico COVID-19 e o seguro que os Operadores Turísticos incluem nos pacotes, que permite o reembolso na totalidade da reserva caso tenha resultado positivo no teste nas 72 horas antes da partida”.

Apesar desse controlo, caso haja algum percalço, o seguro garante cobrir as despesas de assistência e repatriamento.

O diretor-geral tem a certeza que estas apostas vão garantir que o “sentimento de segurança será maior”.

Outra das mais-valias em apostar neste destino para férias de Verão é a distinção da European Best Destinations Organization (EBD), organização sob a tutela da Comissão Europeia, que elegeu a praia do Porto Santo como uma das dez praias europeias mais seguras.

O diretor-geral da unidade hoteleira porto-santense está convicto que a lotação da unidade vai aumentar nas próximas semanas.

Apesar de tudo, prevê também que irão ter um “hotel com uma menor taxa de ocupação, mas fiéis à nossa identidade”.

Terão os quartos todos disponíveis e 56 apartamentos no resort com a opção de “self-catering e trabalhar no ‘Tudo Incluído’ onde a aposta passa pela qualidade dos serviços e adaptação correta dos procedimentos, através de horários, distanciamento físico ou o acesso aos buffets”, salienta ainda Bruno Martins.

O convite fica feito pelo diretor-geral que afirma que “os turistas podem viajar descansados para o Porto Santo. Podemos assegurar que o nosso hotel estará devidamente adaptado para receber os turistas com o mesmo carinho e dedicação que sempre apresentamos ao longo de 20 anos de operação”.